Só existem pessoas idiotas.

Esse é uma das frases que eu mais escuto quando as pessoas começam a falar de relacionamentos e até de amizades, na justificativa do por que estão mais sozinhas e independentes – essa é uma das respostas top 3.

Pensei esses tempos, quando, depois de um evento, uma garota veio e comentou que não sabia mais o que fazer para conhecer caras, pois o Tinder, Happn, Kickoff e outros lugares só tinham conversas idiotas. E eu perguntei o que era para ela uma conversa idiota. Ela se perdeu.
Foi algo meio espontâneo, eu estava curioso de verdade, queria entender, “tá, mas o que é idiota para você?”.

Fiquei instigado em como as pessoas consideram as outras idiotas. Será por que não as compreendem, será que é por que falam de assuntos fúteis, de assuntos sérios? O que classifica isso?

Para a minha surpresa, foi ela não conseguir responder, ou nem tentar – talvez, nesse momento, eu virei mais um idiota rsrsrs.

Mas eu sou pesquisador e curioso sobre o comportamento humano, fui conversar com mais pessoas e descobri que poucas realmente sabiam o que eram idiotas para elas, parecia mais um jeito de identificar a antipatia do que qualquer outra coisa.

No meu caso, quando conheço pessoas, seja da forma que for, não gosto de conversas normais do estilo “O que você faz?” e esses bla bla blás. Eu gosto de desafiar a mente, pensar e buscar ideias onde ainda não havia visitado, conhecer novos mundos. Se a pessoa não quer fazer isso, porque certamente ela consegue, não a considero idiota, apenas temos interesses diferentes. E isso é normal.

Tem pessoas que gostam de papos mais brandos, por meios já delineados e seguros. Tem outras que gostam de explorar o mundo e as possibilidades – sim, isso é bem Free LifeStyle.

Mas algo que me deixou curioso é: como você sabe o que encontrar se não sabe o que procura, ou até o que não curte? Se você não quer bate-papos idiotas, então é importante definir o que seria isso, ter claro na sua mente o que é valido da sua atenção e o que não é.

Por mais que ache injusto o julgamento de idiota e prefira a palavra incompatível, acho que devemos sim saber o que estamos buscando para compartilhar nossos momentos.

Portanto, como Free LifeStyle, suspenda o julgamento de achar que as pessoas são estupidas só porque não puxam o assunto que você quer, ou não agem como você espera. Você tem todo o direito de não querer desenvolver conversas que vão por uma linha que não lhe chama atenção, porém, não esqueça que diferentes mundos e percepções fazem sua mente evoluir e pode ser uma ótima chance. Mas ainda assim, o tempo e emoção são seus e a liberdade de escolher as pessoas incríveis ao seu lado também. Boa sorte e ótimos match makers rsrsrs

Compartilhar no Facebook