Sinceramente, você se sente sozinha(o)?

Hoje é um dia daqueles - talvez você tenha muitos deles - em que o seu celular corre por mensagens e ideias, pessoas, fotos, falsas e verdadeiras promessas, uma rotina caótica e solitária. Parece que você está mais afastado, mas ao mesmo tempo conectado. Um tanto estranho, não?



O que mais me chamou atenção é que, em meio a um mundo tão doido, cheio de oportunidades e deveres, deveríamos trabalhar mais em conjunto, mas, ainda assim, parece que estamos mais sozinhos.



Quantas noites você saiu para jantar, ou foi a algum lugar, e sentiu que ninguém lhe ouvia ou entendia? Quantas vezes você estava mais preocupado com o que as pessoas pensariam sobre sua foto e com as curtidas? (Por mais que não seja legal admitir isso, aqui não tem problema, somos só nós dois).



Uma vez eu vi um vídeo sobre um estilo de amor que se chamava “Sawabona/Shikoba” (já comentei sobre ele em outros artigos). Em suma, a interdependência. Quer dizer que você é incrível sozinho e pode alcançar muito mais se estiver junto de grandes pessoas, não porque precisa delas, mas porque será melhor com elas.


Onde está o erro, então? Em busca de uma liberdade inexistente, o ser humano é social e somos melhores entre nós mesmos. Quanto mais você estiver próximo das pessoas de quem gosta, vivendo, curtindo, aproveitando, abraçando, tendo um contato, assim sua essência continuará a evoluir e a história ganhar mais fantasia - Free LifeStyles total.



Talvez a maior lição que eu tenha tido e já contei algumas vezes foi quando descobri que as pessoas com quem andamos não definem quem somos, mas aonde poderemos chegar. A grande verdade é que não é só isso também. O valor da nossa história, a graça dela, e até o sentido de estarmos nela, está ligado aos personagens que fazem parte disso.

A tecnologia e as máquinas nos ajudam, o mundo mudou e, por sinal, sou um dos mais apaixonados por empreendedorismo, acredito nele incondicionalmente para diminuirmos diferenças e fazermos do mundo um lugar melhor. É fato que a essência da inovação busca melhorar nossas vidas e não nos aprisionar longe das humanidade, mas precisamos tomar cuidado, pois está acontecendo. 


Por fim, gostaria de desejar que amanhã você tivesse mais conectado, mas dessa vez não com o mundo, mas simplesmente com as pessoas, afinal são elas que fazem esse mesmo mundo acontecer e valer e pena.

Compartilhar no Facebook