Se você devolver da mesma forma o que não gosta, se tornará aquilo que abomina

É muito comum nos irritarmos com pais e mães, tios e tias, avôs e avós, criando uma certa rejeição aos seus comportamentos. Acredito que todo mundo já disse um dia: "Se eu tiver um filho ou filha, farei diferente".

Outro ponto muito comum é na interação com as pessoas do seu meio - e às vezes até outras - você ter contato com atitudes que vão muito contra os seus propósitos, crenças e valores.

Em primeiro lugar, isso é complemente normal, afinal somos humanos com diferenças gritantes em todos os jeitos, maneiras e pensamentos. Porém, a grande questão aqui é a sua reação a isso.

Você pode detestar quando uma pessoa:

  1. Grita com você;
  2. É injusta;
  3. Oculta informações;
  4. Mente sobre algo;
  5. Abusa do poder;
  6. Trata as demais com falta de respeito;
  7. Critica tudo à sua volta;
  8. Está sempre para baixo;
  9. Não sabe a hora de parar de falar;
  10. Não lhe reconhece.

A lista aqui é gigante, pois há coisas que simplesmente odiamos. Porém, - e isso é estranhamente comum de acontecer - repetirmos esses mesmos atos contra essas pessoas.

Alguém lhe mentiu e você então assume o direito que também pode mentir agora. Ou, quem sabe, alguém não lhe reconheceu, mas, ao fazer algo, você acabou também não dando os créditos e agradecendo a quem deveria. Uma pessoa começou a falar alto com você e, automaticamente, seu tom de voz é ampliado a um nível maior que o da outra pessoa.

Esse padrão de comportamento tem se tornado comum, infelizmente. As pessoas repetem ações e atitudes que repudiam, porque os outros as fazem.

Mas, você já pensou que ao devolver na mesma moeda aquilo que não gosta, você está se tornando aquilo que abomina?

Se alguém lhe mentiu e você mente de volta, dizendo que é permitido agora porque alguém fez isso antes, isso não deixa de caracterizar você como um mentiroso também.

E é ainda pior, pois se alguém lhe fez algo ruim e você sentiu o quão errado é aquilo e o quanto pode machucar, agora você tem uma noção ainda mais ampla do quanto é negativa aquela atitude ou comportamento. E caso a sua escolha for retribuir na mesma dose, você, além de fazer errado, está muito mais consciente do errado, o que é pior, muito pior.

Portanto, quando acontecer de você ser alvo de comportamentos que vão contra sua índole e crenças, pense em responder como um exemplo, digno de ser Free Lifestyle, sem vingança ou algo parecido, para não se tornar exatamente aquilo que detesta.

Autor: Alex Born
Fonte: Administradores

Compartilhar no Facebook