Quando não finalizamos o que começamos.

Deixamos de amar porque amar exige ir além do gostar.

Largamos nossos sonhos porque eles cobram resiliência.

Mudamos de empresa porque demoramos pra ser reconhecidos.

Trocamos de roupa porque já não usam mais camisas com bolinhas.

Somos violinistas frustrados porque antes de ser, precisa ter muito treino e exercício.

Juramos seguir nossas crenças mas negamos a elas antes do dia acabar.

Negligenciamos nossos gostos porque as pessoas gostam de outras coisas.

Paramos com a academia porque não ficamos esculturais em apenas 5 passos ou 15 dias.

Queremos ser grandes mais logo deixamos a vontade de crescer de lado, afinal, crescer dói.

Não falamos o que pensamos porque não queremos ser julgados, mas quando vemos um post daqueles polêmicos adoramos dar os nossos veredictos.

Somos todos MAJU, mas ao se deparar na rua com algum caso de racismo fingimos não ver, vai que dá ruim!?

Doamos 100 quando temos 1000, mas não doamos 1 quando temos 2.

Esquecemos dos amigos porque eles já não sevem mais aos nossos interesses.

A nossa beleza fica feia porque o bonito, se não for igual a todos, pouco importa.

Confundimos padrão com o igual.

Nossa genialidade é desvalorizada porque nossos negócios não estampam as capas de revistas como negócios de sucesso "do dia pra noite".

(...)

A superficialidade é a esfera de fora, o pouco profundo e o sem compromisso. Antes mesmo de conhecer o saboroso suco de abacaxi, algum maluco teve que escolher enfrentar o "feio" fruto e descascar sua casca dura.

Somos treinados para ser EXPERTS em coisas inacabadas! Quantas vezes você largou algo pelo caminho?

... vou melhorar as coisas pra gente! Quando foi a ultima vez que terminou algo, foi até o fim?

Se pudesse agora, ver como num filme e lembrar do ultimo "abacaxi que descascou"? E o seu sabor ao final da labuta?

Aposto um chocolate que pensou: "EU FARIA TUDO DE NOVO!" Ok?!

Somente troque a ordem dos fatores e ao invés de, faria, projete agora, um novo futuro: EU FAREI TUDO NOVO!

O pronto está disponível no google, faça o "Ctrl C x Ctrl V". Mas o aprendizado está exatamente na experiência promovida pelo FAZER!

-#teencontronotopo

Compartilhar no Facebook