O seu sorriso é meu melhor abraço.

Quantos sorrisos, você recebeu hoje? E quantos, você poderia ter recebido?

Tenho certeza que, a resposta seria diferente. Se você recebeu, um pouco menos do que poderia ter recebido, a coisa está bem para o seu lado. Agora, se você recebeu muito menos, é melhor dar uma repensada.

Um sorriso gostoso é tão caloroso, quanto um abraço em dias de inverno. Ele entra sem pedir licença pelos olhos e, naturalmente, dá uma sacudida no coração, na mente… e de um jeito, como se dissesse: “Qual é? Olha a felicidade aqui, acorda!”

Quem não gosta de uma bela foto de sorriso, mesmo que de alguém desconhecido? É algo que, simplesmente, nos deixa parados, pasmos, tipo “A felicidade está ali. Que bom vê-la em algum lugar.”
Agora, o sorriso mais especial é daquela pessoa que nos encanta. Aquela que faz o dia ser diferente. Porém, sem querer, às vezes perdemos o hábito de fazê-la sorrir.

Simplesmente, começamos a minar seus sorrisos com nossos problemas, atitudes dos outros que não correspondem às nossas expectativas, nossas frustrações, enfim... aparentemente é uma forma que temos de descarregar.

O problema é que, isso se torna comum e sorrisos viram olhos preocupados, esperando a próxima enxurrada de negatividade.

Por mais que ter parceiros com quem contar na dificuldade seja ótimo, precisamos cuidar para que não se apaguem os sorrisos. Afinal, os melhores abraços estão ali. Quanto conforto existe, quando os lábios começam a abrir, os dentes surgem em uma expressão natural de alegria, algo acontece…: você!

Foi um bom dia, um mimo, um carinho, um até logo, um beijo, um abraço, um assobio, uma piada, algo acontece e, às vezes nem acontece. Mas você está lá e, a natureza da pessoa é deixar fluir felicidade.

Os sorrisos são tão maravilhosos, que apresentam diferentes tipos: tem pessoas que possuem apenas aquele depois de piada, ou depois de um beijo, ou quando encontram uma saída. Cada um, com seu charme, que encanta, quem está à volta e sabe observar.

Exatamente. Às vezes, eles estão ali ao seu lado e, simplesmente, escapam de você que estava preocupado com alguma outra coisa. Porém, se tudo que fazemos é para encontrar felicidade e o sorriso é uma demonstração dela, por que você está perdendo tempo, se está ao lado de tudo que mais busca?

Permita-se, sentir os sorrisos. A felicidade é de seu merecimento também. Por mais que você esteja triste, brava, sentido-se um lixo, ou com a autoestima lá no fundo do poço, quando um sorriso vem até você, ele é de seu merecimento. Sorrisos são naturais e sentem as coisas mais profundas, que não temos a sensibilidade suficiente para perceber, conscientemente. (Acredito até, que é por isso, que eles existem.)

De uma forma, ou de outra, se este texto te fez sorrir, se alguém lhe faz sorrir, ou se você quer sorrir, lembre-se de distribuir sorrisos. Só eles têm o poder de um abraço, o calor de um beijo, e ainda, são mais bonitos.

Compartilhar no Facebook