O melhor carinho é o respeito

Algo engraçado que tenho visto, é como as pessoas relatam suas demonstrações de afeto das mais diferentes maneiras, mas esquecem da mais importante delas, o respeito pela outra pessoa.

Esses tempos presenciei uma discussão de casal um tanto interessante, ambas as partes soltavam atitudes e mais atitudes que fizeram uma pela outra, como pedras preciosas que eram o ponto auge do relacionamento...

  • Eu abri a porta para você!
  • Eu fiz uma massagem em você!
  • Eu te enviei flores!
  • Eu fui ver aquele jogo estupido com você!
  • Eu fiz aquela massa que você adora!
  • Eu tive que sair com aquele casal insuportável dos seus amigos!
  • Eu deixei de dormir para te acompanhar no shopping!
  • Eu fiquei cuidando de você enquanto estava doente!

Ok, leia a lista novamente com calma e reflita comigo, não são essas coisas que pessoas se relacionam fazem uma pelas outras? Ou até que deveriam fazer para demonstrar afeição?

Que legal, essa lista deveria ser lida com orgulho, não jogando na cara, mas cada um lembrando coisas boas que recebeu e agradecendo, não relatando e jogando na cara, pois começa a parecer que as atitudes positivas para agradar viram poder de barganha em discussão ou uma expectativa de possível recompensa.

Opa, mas aí não é um relacionamento, são negócios... Relacionamentos não são negócios, ou pelo menos não deveriam ser.

Agora, a grande questão que me chama atenção é o quanto de respeito falta.

São várias vezes que uma pessoa mostra o quanto fez pela outra, com mensagem de carinho, uma foto, um presente... Mas, o que adianta tudo isso, logo, perde-se o respeito?

E esse pode ser de várias formas, tanto com mentiras, mas, ainda mais incomodativo, com imposição de comportamentos.

É o que eu mais vejo... Algo do tipo, se eu faço assim, você também deveria fazer? Mas peraí, não somos pessoas diferentes?

Se você é uma pessoa que acha certo se convidar para fazer algo com o outro e a outra pessoa não curte fazer isso e fica no aguardo de um convite... Qual das duas está certa? Ambas ora, são as suas maneiras... Claro que nos dois casos os extremos podem ser danosos, mas o que quero ressaltar aqui, é que as pessoas esperam as atitudes das outras como se fossem padrões de comportamentos oficiais – e não são. O pior é que aí perdem facilmente o respeito.

Começam a desmoralizar as outras pessoas e atacá-las porque seus comportamentos não condizem com suas expectativas – Alowwwwww!!! Nunca vão ser, acorde!

Pessoas são diferentes e isso é legal demais. Quer dar um carinho de verdade, estilo Free LifeStyle, entenda que elas são assim, aprenda a lidar com elas, se adaptar e principalmente compreender suas ideias e crenças. Isto sim, é carinho de verdade.

Compartilhar no Facebook