Não siga a regra 1% inspiração e 99% transpiração.

Como muitas pessoas, um dia eu li isso, e achei que fazia todo o sentido do mundo. Ora, você define o que precisa fazer e o resto é ralar, o suor vai trazer os aprendizados. É muito interessante isso, até porque se você pegar a própria Neurolinguistica, o melhor professor é a prática.

Até ai está ok, mas para começar? Para ter estimulo aquilo que virá? Para enfrentar as adversidades? Para vender a ideia? Apenas estar com foco em 99% na transpiração, será o suficiente?

Quando estive em Las Vegas, com o pessoal do Downtown Project, conheci um neurocientista de Harvard, que estava muito animado com a ideia de como inspirar empreendedores. Ele adorava a prática, mas estava convicto de que quanto melhor a inspiração que as pessoas tinham para empreender, não só conseguiriam mais resultados, como seriam mais rápidas e ainda resilientes.

Quando conversamos, ele me disse: “Bruno, um empreendedor precisa de no mínimo 10% de inspiração, e isso estou falando muito baixo...”.
Eu fiquei meio em choque, pois também adorava a regra do título.

Foi quando ele começou a me explicar isso, o empreendedorismo é algo difícil, o de Startups, lidar com tamanhas incertezas e o novo é ainda mais, portanto, ter uma grande motivação e estímulos fortes para começar é fundamental.

Aquela pessoa que apenas percebe uma oportunidade e sai empreendendo, vai aprender muito, mas terá que colocar bem mais esforço e tempo, para superar os problemas que vão surgir.

Agora, quando você pega uma pessoa que resolveu assistir bons cases de empreendedores, leu alguns livros de motivação e autoconfiança, assistiu alguns vídeos sobre o universo em que está entrando, entendo mais disso e consolidando seu propósito... ah, coisa é bem diferente! Pois, imagine o quanto essa pessoa vai ter a mais de energia para lidar com tudo? Quanto ela vai estimular outras pessoas?

O quê uma pessoa apenas voltada à prática, pode levar dias tentando resolver um problema, ou até pensando se vai resolver, a pessoa inspirada vai para cima da situação adversa o quanto antes, e acaba encontrando as soluções, bem mais cedo. Tudo por conta de uma garra e energia diferentes.

O mundo vai trazer adversidades, e é uma grande besteira acharmos que não precisamos pensar constantemente na nossa inspiração, motivação e autoestima. As pessoas parecem que ter medo de admitir isso, mas somos humanos, e vamos ter os altos e baixos. Assim, o fato de constantemente recarregarmos nossos estímulos para seguir adiante, pode ser mais importante, do que normalmente pensamos.

Fica a dica aqui: comece a pensar SIM, em buscar mais inspirações através de livros, frases, vídeos, palestras, e bate papo com pessoas. Pense nisso, como uma necessidade que você tem. Às vezes de parar para refletir e descansar, como algo fundamental para você e sua jornada, que muitas coisas serão diferentes.

Inspire-se muito para depois transpirar com energia e alegria.

Compartilhar no Facebook