Não leve um dia “mais ou menos”

Sabe, outro dia, ou melhor, outra semana, eu me vi num “bode” daqueles…

Parecia que todos os dias eram iguais, e duravam uma eternidade. Eu não fazia outra coisa, a não ser, contar as horas para que eles terminassem.

Eu, não sou assim… e por isso mesmo, me vi na obrigação de parar com tudo - o quê estava fazendo - para analisar minha situação e, descobrir o porquê de tamanha insatisfação.

De boa? QUE VERGONHA… QUANTO DESPERDÍCIO E INGRATIDÃO!!!

Eu nem precisei pensar muito… na verdade, nem me interessou chegar à conclusão alguma.

Voltei lá atrás, nos tempos em que trabalhava no hospital, e só disse uma frase para mim mesma:

“Tanta gente que pede por MAIS UM DIA DE VIDA, enquanto que você tem a coragem de levar UMA SEMANA INTEIRA “MAIS OU MENOS”?

Preciso continuar à escrever esse texto, ou o recado já foi dado?

Então… FIM. Levanta essa cabeça, e vai viver direito!

Compartilhar no Facebook