Mude o meio de buscar seus sonhos, mas não eles.

Estava realizando um curso de Empreendedorismo de Alto Impacto, e uma pessoa veio ao final. Me contar de suas ambições. O relato era interessante, pois essa pessoa mantinha constantemente os mesmos padrões de comportamento, porém alternando os objetivos que vinha buscando. Isso me chamou atenção, por se tratar de um ensinamento que tinha dado na aula, como um grande problema nas empresas.

Vamos começar pelas empresas, e depois farei o link com os sonhos.

Nas Startups, negócios de alto impacto, é muito comum as pessoas definirem alguns objetivos do que buscam testar no mercado, e a partir disso, definem determinadas ações. É uma linha de raciocínio muito comum, e usada.

A questão é que as Startups lidam com incertezas, e a chance de acontecerem dificuldades imensas é de 100%. Porém, ao invés das pessoas mudarem a forma como estão buscando esses objetivos, elas mudam o que estão buscando, pois já se acostumaram com o que estão fazendo.

Entendeu o problema?

Imagine se cada vez que a situação ficar difícil, você muda o lugar para que está indo? Onde será que vai parar?

O ruim é que, não é tão fácil de perceber. Dentro do nosso dia-a-dia, parece que faz todo o sentido alterar a direção, visto que grandes barreiras estão na frente. Mas ao invés de superá-las, o pensamento é mais de um novo ponto para seguir.

Só que, no momento que você consegue superar barreiras, certamente é onde você ganha grande aprendizado, diferencial e mais valor... Isso tanto no mercado, quanto na vida.

Agora levando para o mundo dos sonhos, não é a mesma coisa? Você quer ir morar na praia e resolve que para isso precisa fazer alguns ajustes na sua vida: trabalhar um pouco mais, economizar, encontrar uma nova oportunidade quem sabe para ir se aprimorando... A questão é que com algumas mudanças, as pessoas muitas vezes, começam a ver a dificuldade daquilo que buscam, e acabam por desistir. Entra aí, a famosa frase – Ah é melhor deixar como está!

Não, não é melhor!!!

A vida é muito única,e especial. O tempo é curto demais, para você ficar afundando os seus sonhos.

Se a forma como está buscando, não está boa, ok. Mude-a novamente, mude mais vezes, tente várias outras, mas a última alternativa, deve ser mudar o seu sonho.

Isso não quer dizer que às vezes, os sonhos não mudam. Óbvio que sim! Mas a maioria das vezes que mudamos nossos sonhos, não são porque eles realmente não faziam mais sentido, mas sim, porque preferimos achar um jeito de acreditar que eles não faziam sentido, pois estava difícil demais, tomar atitudes certas para fazê-los acontecer.

Essa é uma verdade que dói, mas necessária de encarar.

A questão é conseguir ter uma visão mais holística... perceber se você está mesmo cometendo esse engano; notar (caso você tivesse todas as possibilidades, se as coisas tivessem diferentes, e tudo estivesse ajustado), se você realizaria seu sonho; ou ainda, se aquele tesão, não existe mais.

Espero que, apenas como um Free LifeStyle, eu tenha conseguido chamar sua atenção para que você, não deixe seus sonhos morrerem. Porque mudá-los é mais fácil para continuar no mesmo comportamento, na mesma vida, e assim, não agir. Mas, lembre-se de que a vida é movimento, emoção, e novas experiências. Portanto, não espere que ela esteja plena, seguindo sempre da mesma forma.

Compartilhar no Facebook