Momentos eternos são maiores do que o tempo.

Hoje é um dia diferente, um daqueles em que você consegue perceber, que as coisas e muitas das suas lógicas fazem sentido. Melhor ainda, tudo está alinhado. Toda essa reflexão, começou após aquela pergunta, que sempre alguma pessoa sacana nos faz de tempos em tempos, e nos deixa meio encucados: “O quê você faria, se fosse o seu último dia?".

Se você prestar muita atenção, a maior parte das respostas, contem um pouco de loucura e um pouco do dia-a-dia.

Experimente ver...

Elas mesclam o passar um bom tempo com as pessoas que se gosta, fazendo alguma atividade rotineira, e algum sonho mais doido...

Agora, eu te pergunto: Grande parte dos nossos dias, não poderia ser assim?

A percepção da nossa rotina é tão boa, que no último dia, ainda queríamos um pouquinho mais dela. Infelizmente, no dia-a-dia, não valorizamos adequadamente, nada disso.

A loucura, não poderia ingressar dentro dos dias também, seja ela um pouco diferente, em situações diferentes? Uma vez em algo no almoço, outra no café, outra ao ir pro trabalho, outra durante o trabalho... Cada sol que nasce são outras 24 horas para receber, pelo menos, um pedaço da sua ousadia.

E dessa forma, não teríamos mais dias, como se fosse o último?

Em um livro que li, o autor comentava que o grande sentido da vida, não era por si só ter um sentido, ou buscar um propósito, mas em se sentir a experiência de estar vivo... Analisando bem, o quê buscamos são justamente momentos, que nos lembrem de que a vida é maravilhosa.

Naquele instante que você consegue estar presente, de uma forma tão plena, vivida, degustando o quê há de exuberante, e muitas vezes é numa simples conversa, ou até pulando de paraquedas... quando você consegue de fato isso, sozinho ou no beijo de uma pessoa, o tempo se torna irrelevante.

Leia também - Eu não me sinto livre.

Você pode pensar: “Bru, maravilhoso... Mas essa magia acaba!”. Não, pelo contrário, ela sai do patamar limitada para ser eterna. Pode até o tempo passar, mas esse grande momento, existirá para sempre.

O grande ponto aqui é que cada vez mais, as pessoas buscam isso através de coisas e posições, acreditando que elas poderão se permitir essa mesma sensação... mas, não vão. Obviamente, podem ajudar nas bases para isso, o quê é ótimo, mas ainda assim, só é possível se partir de um lugar, o qual pode estar muito distante... o fundo da sua alma.

Experiências mais sinceras de felicidade, não conseguem ser explicadas, porque não devem... Justamente são essas experiências, que te fazem sentir vida... pensar se aquele fosse o seu último dia, ou se simplesmente, você não deveria se fazer mais presente, em si, no momento e nos outros.

Que você construa tempos eternos, em instantes passageiros, como um Free LifeStyle busca ser.

Compartilhar no Facebook