Certezas são limitadas. A compreensão, infinita.

Porque a razão pode destruir você, enquanto que o aprendizado, pode te levar próximo aos seus sonhos.

Não sei se você já leu aquele livro – A Lição final – de um cara portador de câncer em fase terminal, que deixa algumas das lições mais importantes que teve para seu filho. É um livro muito lindo, e cheio de percepções valiosas. Esses dias parei para pensar nisso, e me veio essa ideia, como uma das mais importantes na minha vida.

Quando criança, eu era baixinho e magricelo. Na verdade, baixinho ainda sou. Talvez por esse motivo, uma das formas de me impor, sempre foi tentar vencer as disputas por meio do debate, já que força física não era uma alternativa. Talvez, esse seja um motivo, que por muito tempo busquei ter razão, talvez sejam outros. Porém, isso me trouxe grandes encrencas, mais do que aprendizados.

Quando você busca ter certeza sobre algo, na verdade você está atrás de ter razão sobre algo, encontrar um raciocínio logico que se adeque as suas crenças, valores e objetivos. O grande detalhe aqui é que essa procura pode sair do campo de entender, e ir para o campo de simplesmente, provar que este certo, e de que aqui está o erro.

Nós seres humanos, buscamos incansavelmente a segurança. É inato da sua mente; ela quer se sentir segura. Por isso, aproximar as coisas dentro daquilo que você conhece e acredita estar certo é um exercício natural do seu cérebro. O problema é que ele é extremamente limitado ao seu mundo. Mas o mundo, não é o seu mundo… é o mundo de todos nós, com outras crenças, ideias, racionalidade, sentimentos, e por aí vai.

Portanto, toda a vez que você estiver buscando uma certeza, está limitando ao seu mundo e sua lógica, algo que poderia ser muito maior que isso, e quem sabe, até melhor do que isso.

Você pode ter uma opinião religiosa, politica, amorosa muito forte. Mas acreditar somente nas suas certezas é prender a vastidão do conhecimento, dentro de apenas aquilo que você conhece.

Imagine se alguém não tivesse mostrado que ler e escrever são tão importantes quanto falar... Você não estaria aqui, lendo este artigo. Que um certo tipo de esporte, pode ser divertido e ótimo para saúde; que um determinado local, com pessoas de determinado estilo, pode ser inspirador... A certeza de que você não vai gostar, e de que aquilo não é bom, devasta o espirito de ampliar sua mente, deixando você minúsculo, perto daqueles que aprendem com o mundo.

Comece a diminuir suas certezas, e busque compreender. Você não acreditará no tamanho da evolução que pode ter.

Ao invés de dizer que tem certeza sobre algo, coloque que até o momento, você tem pensado de tal forma, mas que adoraria ouvir e aprender outros argumentos para ampliar sua visão. As pessoas, além de solicitas, com certeza lhe trarão grande conhecimento.

Obviamente, apenas se a disposição em ouvir estiver presente. A chave está nisso; em querer compreender, em realizar o processo de empatia, pensando que “se não quero ter certeza, deixe-me compreender esse novo ponto de vista, para então, evoluir o meu ao próximo nível...”

O aprendizado é infinito. Sendo assim, a todo momento descobrimos e desvendamos novas coisa,s e muito da graça está nisso. Não perca esse sensação maravilhosa que é sentir sua mente desbravando novas ideias, percepções e visão de mundo.

Quanto mais compreensão tivermos, mais amor e empatia também teremos. Grande parte das guerras do mundo são disputas de certezas, as quais não seriam tão drásticas, se houvesse um senso maior de compreensão. Comece então, fazendo esse estilo de paz e mentalidade Free LifeStyle na sua vida, e quem sabe, você contagiará as pessoas à sua volta e o mundo... Quem sabe? Mas certamente, você enxergará coisas incríveis.

Compartilhar no Facebook