5 lições de empreendedorismo importantes do 'Shark Tank'

Gosto de Shark Tank como entretenimento, mas acabei descobrindo algumas verdades sobre ele. Se você é um observador atento e não quer ouvir a verdade, então pare de ler agora. Este é o seu aviso, porque eu estou a ponto de expor a verdade.

Na verdade, uma das empresas que eu estou ajudando a construir trouxe um dos tubarões como um "investidor." Eu estava animado até aprender sobre o processo de investimento. O tubarão investiu uma quantidade X para a empresa como um empréstimo, consegue X por cento do capital próprio e, em seguida, é reembolsado o montante total do empréstimo de volta imediatamente. Aparentemente, é de valor para a empresa poder se gabar de que tem "um dos tubarões do Shark Tank", mas eu não vi nenhum valor fornecido para a empresa ou ao aumento de capital dela.

Eu sei, desculpe por ser um triturador de sonho. No entanto, Shark Tank é divertido e interessante. Eu gosto do quanto ele está promovendo Startups, e eu tenho sido um fã desde o início. Apesar de o show ser exclusivamente para o entretenimento, ainda há lições valiosas que nós, como empreendedores, podemos aprender com ele.

1. Este não é o mundo real.

Vamos deixar isso bem claro, bem rápido. Shark Tank é puramente entretenimento. A maioria das negociações na verdade não conseguem investimentos, e o processo é muito simples que na realidade. Você poderia imaginar o quão chato seria se fosse como na vida real? Um grupo de empresários aparecem com o empreendedor, ou a negociação real de cada ponto controverso (estrutura de administração, do tipo de segurança, direitos de compensação, preferências de liquidação, etc.), e um pitch pode levar mais tempo do que uma temporada inteira do programa. Levantar capital por meses a fio não faria horário nobre para a televisão.

Aprecie para fins de entretenimento, mas por favor, não deixe que ele te iluda com a facilidade que é para levantar capital para o seu negócio.

2. Saiba como apresentar de forma eficaz.

Eu não tenho certeza se os empresários que vão lá são preparados de alguma maneira, mas eu diria que 95% dos pitchs são envolventes, concisos e eficazes. Minha parte favorita de assistir a este show é criticar esses pitchs. Estou envolvido com uma instituição de caridade que ensina presidiários a como serem empreendedores e, ao final do programa de seis meses, cada preso faz um pitch da sua ideia. Eu estou sempre deslumbrado de quão ótimos esses pitchs são, porém eu sei da quantidade de trabalho necessária para aperfeiçoar e refiná-los (meses e intermináveis horas).

Os empreendedores do Shark Tank são tão polidos. Isso me leva a crer que eles gastaram incontáveis horas trabalhando em seus pitchs, o que eu posso apreciar e respeitar. Shark Tank dá diariamente aos empreendedores a capacidade de ouvir ptichs eficazes - uma grande lição para aprender como a arte do pitch nem sempre é fácil de dominar.

3. O valor da avaliação antes do investimento.

É importante entender a avaliação antes do investimento. Ela geralmente é o ponto mais negociado ao levantar dinheiro no mundo real, e é o ponto que cada tubarão do Shark Tank negocia. É o preço que você está colocando em seu negócio, para explicar quanto do seu negócio você está abrindo mão pelo quanto de dinheiro você está recebendo. A avaliação antes do investimento é o valor da companhia antes dos investimentos do empresário.

É importante notar o quanto às vezes as pessoas supervalorizam suas ideias apenas por acharem boas. Duvido que alguém vá lá com ideia que ache ruim. Mas ao avaliar sua empresa para o mercado, não é sobre se você acha ela boa ou não, mas sobre diversas outras variáveis.

4. Você pode dizer não.

Ao lidar com os investidores, você deve descobrir o que de antemão você está disposto a dar, até quanto você está disposto a negociar, o quanto seria o mínimo aceitável de capacitação para alguém entrar.

Pessoas espertas em negociação, estão querendo valorizar o dinheiro e expertise delas, portanto vão sempre tentar conseguir o máximo possível. Elas estão no papel delas, mas você está no seu, lembre-se disso.

Você está construindo o seu negócio dos sonhos por razões específicas, o investimento é apenas um meio para realizar esse sonho mais rápido. Não tenha medo de dizer não aos investidores que não estão totalmente alinhados com a sua visão.

5. Você pode fazê-lo.

No final do dia, eu sou a favor de tudo o que é empreendedor. O que eu gosto deste programa é que nos é dada a oportunidade de ver todos os tipos de empreendedores de todo o país, com diferentes negócios e de cada história de vida. A maioria tem mais do que apenas uma ideia, têm reais negócios prosperando. Você pode usar esse programa como motivação para ajudá-lo a perceber que não importa o quão grande, pequeno, louco, normal ou qualquer que seja o seu tipo de negócio, você pode fazê-lo.

Construir Startups é a atividade mais difícil e mais gratificante que eu fiz, eu tenho certeza que muitos de vocês podem atestar. (Na verdade, a construção de uma startup é mais difícil do que ir para a prisão por dois anos.) Eu sou estudante e observador em tudo que faço, e ter essa mentalidade me ajudou a aprender em cada situação que eu encontro, mesmo assistindo Shark Tank no TLC.

Lembre-se que ser Free LifeStyle é aprender as lições que o mundo está te dando, pode ser em um programa de TV, com a nobre profissão de engraxar sapatos ou até ao observar uma árvore. Elas estão por toda a parte, basta saber estar atento e receptivo às oportunidades.

Fica um episodio aqui para você apreciar:

Compartilhar no Facebook