3 maneiras que você está fazendo a sua vida mais difícil do que tem que ser

“O maior passo em direção a uma vida de simplicidade é aprender a deixar ir”.

Imagine você ir experimentar uma bela maçã que está em cima da sua mesa. Antes da mordida você já tem aquela expectativa de quão suculenta ela deve estar, como nas propagandas que vemos. Você morde e era apenas uma maçã normal.

No outro dia, você olha a irmã gêmea da maçã de ontem, pega e come rápido sem nem pensar e aproveitar nada, simplesmente coloca na boca e bora para o trabalho...

No primeiro caso sua expectativa era imensa, e no segundo você passou como um trator sem ao menos tentar degustar.

De certa forma, a maçã não pode ser exatamente o que você quer dela e tampouco ela será boa se você não abrir sua mente para apreciá-la de fato.

Obviamente a maçã é um jeito mais simples de notar, mas e se isso estiver acontecendo com outras coisas também? Ela pode ser substituída por qualquer coisa em sua vida: qualquer tarefa, interação social, pessoa, refeição, pensamento... em tudo o que entra em sua mente, a qualquer hora e em qualquer lugar. Se você se aproxima de algo com as expectativas de "como deve ser", isso certamente irá decepcioná-lo de alguma forma, ou ser demasiado simples e não excitante para se lembrar. E isso pode virar um ciclo de frustrações de expectativas ou falta de percepção, só porque você não aproveita.

Portanto, agora que você limpou o ar um pouco, vamos dar uma olhada em três das maneiras mais comuns que as pessoas usam as expectativas para tornar a vida mais difícil do que tem que ser:

1. Você procrastina para evitar a sua expectativa de problemas.

Vamos supor que você está adiando um projeto grande no trabalho porque você está temendo fazê-lo. Talvez seja difícil e você se sente sobrecarregado. É um monte de trabalho duro e você está esperando ter que fazer um monte de coisas que você talvez não é bom, esperando erros, falhas e muita dor de cabeça.

Mas, na realidade, você é quem está se dando uma dor de cabeça. Perceba isso e deixe ir as suas expectativas. Isto significa que você não sabe como esse projeto acontecerá... você vai entrar nele com uma mente aberta. Você vai experimentá-lo e ver como ele ocorrerá. E você aprenderá com a experiência, não importa como ele se desenvolver.

Honestamente, você não consegue encontrar a paz evitando a vida. A vida gira e nos obriga a girar com ela; assim, em vez de evitar o que deve ser feito, tome todas as tarefas e experiência como um desafio para o crescimento. Ou ela vai te dar o que você quer ou vai ensinar-lhe qual é o próximo passo.

E lembre-se, encontrar a paz na vida não significa estar em um lugar onde não há ruído, desafios, e trabalho duro. Significa estar no meio dessas coisas enquanto permanece calmo em seu coração e mente.

2. Você desiste cedo demais quando percebe que as coisas não são tão fáceis como você esperava.

Este é o outro lado do ponto anterior. Mas, novamente, as expectativas estão ficando no caminho...

As melhores coisas da vida nem sempre vêm fácil. Algum nível de dificuldade é necessário. Evitar essa verdade só faz as coisas difíceis mais difíceis. No fundo você sabe que isso é verdade, e ainda assim, você entrou em um novo empreendimento com a expectativa de que ele vai ser incrível e você vai fazê-lo com facilidade. E quando é inevitavelmente mais difícil do que você pensou que seria, e você é menos bem-sucedido nisso do que você esperava, você fica decepcionado e desanimado. Então você perde a motivação e desiste.

Agora imagine você entrar nessa sabendo do esforço necessário, mas focado principalmente no aprendizado e experiências que podem vir.

Não há atalhos para qualquer lugar que vale a pena ir. Então, para seu próprio bem, pare de esperar que tudo seja fácil e comece a fazer as necessárias duras coisas hoje com uma mente aberta. Eu garanto que você vai se surpreender com o quão notável você realmente é e quão rápido você pode crescer.

3. As pessoas vão te machucar porque eles não se comportam da maneira que você esperava.

Este homem no trabalho está te deixando louco porque "ele não está fazendo seu trabalho da maneira que deveria", ou talvez ele está sendo imprudente de alguma forma. Sua irritação decorre de uma expectativa de como este homem "deve" agir. Ele não está agindo de acordo com o ideal em sua mente, e assim você sofre por causa disso.

É hora de pôr de lado essa expectativa que as pessoas vão viver de acordo com seus ideais... e apenas estar aberto para elas. Elas irão se comportar de forma imperfeita, assim como você vai.

Sim, pode ser difícil de admitir, mas a maioria dos problemas que temos com os outros realmente não têm muito a ver com eles. Muitos dos problemas que nós pensamos ter com eles nós inconscientemente criamos em nossa mente. Talvez eles fizeram algo que tocou em um de nossos medos ou inseguranças. Ou talvez eles não fizeram algo que nós esperávamos que eles fizessem. Ou às vezes é um comportamento deles que nós temos e não notamos ainda (aprendi essa como Marc Kirst). Em qualquer caso, problemas como estes não são sobre a outra pessoa – eles são sobre nós.

Simplesmente lidar com esses pequenos impasses será mais fácil de experimentar a vida. Afinal, estamos no comando de nossas próprias decisões. Nós começamos a decidir se queremos manter a nossa cabeça cheia de expectativas estressantes ou em vez disso abrir nossas mentes para as realidades positivas que se desenrolam na nossa frente.

Lembre-se que ser Free LifeStyle é ser cientista da vida, experimentar, descobrir o que é bom, ruim, agradável, desagradável... mas sempre com o pensamento de que essa busca deve ser divertida, e que as piores sensações são ótimos aprendizados para evoluirmos.

Fica um som aqui para você relaxar a mente:

Fonte: The Muse

Compartilhar no Facebook