11 coisas que as pessoas bem-sucedidas nunca revelam sobre si no trabalho

Você não pode construir uma forte rede profissional se você não se abrir para seus colegas; mas isso é complicado, porque revelando as coisas erradas pode ter um efeito devastador sobre a sua carreira.
Compartilhar os aspectos certos de si mesmo da maneira correta é uma arte. O segredo é se atentar em algo sobre si mesmo antes que você exceda os limites, porque uma vez que você compartilha algo, não há volta.

A TalentSmart testou mais de um milhão de pessoas e descobriu que os escalões superiores de alta performance estão cheios de pessoas que são ricos em inteligência emocional (90% dos melhores desempenhos, para ser exato). Pessoas emocionalmente inteligentes são hábeis em ler os outros, e isso lhes mostra o que devem e não revelar sobre si no trabalho.

A lista a seguir contém as 11 coisas mais comuns que as pessoas revelam que colocam suas carreiras cambaleando na direção errada.

1. Que elas odeiam seu trabalho

A última coisa que alguém quer ouvir no trabalho é alguém reclamando sobre o quanto odeia seu trabalho. Se o fizer, vai rotulá-lo como uma pessoa negativa, que não é uma pessoa de equipe. Isso derruba a moral do grupo. Líderes são rápidos para pegar os opositores que arrastam para baixo a moral do grupo, e eles sabem que há sempre substituições entusiasmadas a espera, ao virar a esquina.

2. Que elas acham que alguém é incompetente

Haverá sempre pessoas incompetentes em qualquer local de trabalho, e as chances são de que muitos saibam quem eles são. Se você não tem o poder de ajudá-los a melhorar ou de demiti-los, então você não tem nada a ganhar com a divulgação da incompetência deles. Anunciar a incompetência de seu colega surge como uma tentativa insegura para fazer você parecer melhor. Sua insensibilidade, inevitavelmente, pode voltar para assombrá-lo na forma de opiniões negativas sobre você de seus colegas de trabalho.

3. Quanto dinheiro elas ganham

Seus pais podem adorar ouvir tudo sobre o quanto você está recebendo em cada mês, mas no local de trabalho, isso só gera coisas negativas. É impossível atribuir salários com justiça perfeita, e revelando o seu dá a seus colegas uma medida direta de comparação. Logo, quando todos sabem o quanto você ganha, tudo que você faz no trabalho é considerado contra o seu rendimento. É tentador trocar valores de salário com um amigo por curiosidade, mas no momento em que você o faz, nunca vai ver uns aos outros da mesma forma novamente.

4. Suas crenças políticas e religiosas

Crenças políticas e religiosas estão intimamente ligadas à identidade das pessoas, e geram diversos incidentes no trabalho. Confrontar os valores centrais de alguém é uma das coisas mais insultantes que você pode fazer.

Dificilmente um rápido argumento seu ou uma discussão irão mudar a crença de alguém, no máximo pode gerar desconforto e perturbar o ambiente. Portanto, guarde isso para você. Siga a regra de ouro – respeite para ser respeitado.

5. O que elas fazem no quarto

Se sua vida sexual é de outro mundo ou está completamente ausente, essa informação não tem lugar no trabalho. Tais comentários podem gerar uma risada de algumas pessoas, mas normalmente geram desconforto. Cruzar essa linha vai imediatamente lhe dar uma má reputação.

6. O que elas pensam sobre a vida amorosa das pessoas

Uns bons 111% das pessoas que trabalham com você não querem saber o que você apostou que elas são sexualmente agressivas. Não há nada maneira tão infalível de assustar alguém quanto deixá-lo saber que você está pensando em sua vida amorosa. Qualquer coisa de especular sobre a orientação sexual de um colega ou que é a terceira esposa do seu chefe, não diz absolutamente nada a respeito da sua atitude no ambiente de trabalho e tão pouco tem a ver com você. Mostrar esse tipo de julgamento permite gerar julgamentos sobre você também. Seus pensamentos são seus. Pense o que você achar certo sobre as pessoas, mas mantenha para si mesmo.

7. Que elas estão acima do trabalho de outras pessoas

Anunciando suas ambições no trabalho quando estão em conflito direto com os interesses de outras pessoas surge como egoísta e indiferente àqueles com quem você trabalha e com a empresa como um todo. Grandes funcionários querem toda a equipe para ter sucesso, não apenas eles mesmos. Independentemente de seus motivos reais (alguns de nós realmente trabalham apenas para o dinheiro), anunciar a sua meta egoísta não vai ajudá-lo a chegar lá.

8. Como costumavam ser selvagens na faculdade

Seu passado pode dizer muito sobre você. Só porque você fez algo estranho ou estúpido há 20 anos, não significa que as pessoas vão acreditar que você desenvolveu julgamento impecável desde então. Alguns comportamentos que possam se qualificar como apenas mais um dia típico na universidade (experiências sexuais malucas, roubar placas, dirigir bêbado, abusar de pessoas ou animais de fazenda e assim por diante) mostra a todos com quem você trabalha que essa pessoa que existiu em você ainda pode estar lá. Muitos presidentes foram eleitos, apesar de suas imprudências do passado, mas a menos que você tenha uma equipe de manipuladores e os relações públicas que protegem e mantêm a sua imagem, você deve deixar o seu passado desagradável para si mesmo.

9. O quão intoxicados elas gostam de ficar

Você pode pensar que falar de quão embriagado você estava no fim de semana não tem nenhum efeito sobre a forma que você é visto no trabalho. Afinal, se você é um bom trabalhador, então você é um bom trabalhador, certo? Infelizmente não. Compartilhar isso não vai levar as pessoas a pensar que você é divertido. Em vez disso, elas vão vê-lo como imprevisível, imaturo, e com falta de bom senso. Muitas pessoas têm opiniões negativas sobre drogas e álcool para você revelar o quanto você gosta de consumi-las.

10. Uma piada ofensiva

Se há uma coisa que podemos aprender com as celebridades, é de ter cuidado com o que você diz e para quem você diz. Piadas ofensivas podem fazer as outras pessoas sentirem-se terríveis.
Uma piada ultrapassa os limites quando você tentar avaliar a sua adequação com base em quão perto você está com alguém. Se há alguém que ficaria ofendido pela sua piada, é melhor não a dizer. Você nunca sabe o que as pessoas sabem ou as experiências que tiveram na vida que pode levar sua piada a pisar em assuntos que elas levam muito a sério.

11. Que elas estão procurando novas oportunidades

Quando eu era criança, eu disse ao meu treinador de basebol que estava saindo em duas semanas. Nas próximas duas semanas, encontrei-me sentado no banco de reservas. E ficou ainda pior depois dessas duas semanas, quando eu decidi ficar e me tornei "o garoto que nem sequer queria estar aqui". Fiquei arrasado, mas era a minha própria culpa. Eu contei a minha decisão antes de ter certeza.

A mesma coisa acontece quando você diz às pessoas que você está em busca de trabalho. Depois de revelar que você está planejando ir embora, de repente se torna um desperdício de tempo para todos. Há também a chance de que sua procura não seja bem-sucedida, por isso é melhor esperar até que você tenha encontrado um emprego antes de contar a alguém. Caso contrário, você vai acabar ficando no banco ou até sendo descartado.

Você pode pensar: “o Free LifeStyle defende a autenticidade, e aqui várias dicas falam para não seguirmos ela. Existe uma diferença entre ser autêntico e ser inteligente socialmente. Não é porque você gosta de piadas sujas que tem o direito de sair falando aos quatro ventos, tem pessoas que não gostam. Portanto, descubra antes se a pessoa aprecia, para curtir seus momentos de piadas mais bestas. Lembre-se que o FLS defende que você deve buscar ser feliz e fazer sua contribuição no mundo respeitando as crenças e características das outras pessoas.

Fonte: Entrepreneur

Compartilhar no Facebook